Pular para o conteúdo principal

Bolsonaro defende cota social para concursos e universidades públicas

Candidato do PSL à Presidência fez primeiro ato de campanha no Rio e visitou Mercadão de Madureira, no Rio. Para ele, sistema atual de cota racial favorece o 'filho de negro bem de vida'.

O candidato do PSL à Presidência, Jair Bolsonaro, faz campanha em mercado no Rio de Janeiro (Foto: Raoni Silva/G1)
candidato do PSL à Presidência da República, Jair Bolsonaro, defendeu nesta segunda-feira (27) uma mudança no sistema atual de cotas para negros em universidades e concursos públicos com a adoção de cotas sociais, para pessoas com menor poder aquisitivo.
Bolsonaro visitou nesta segunda o Mecadão de Madureira, na Zona Norte do Rio de Janeiro. O mercado é um dos maiores centros de comércio popular da cidade. O ato de campanha foi o primeiro de Bolsonaro no Rio, capital do estado pelo qual foi eleito deputado federal por sete vezes consecutivas.
"Eu sou contra a forma de cotas que está aí, que prejudica o próprio negro. Você bota cota para negros, a princípio quais negros têm mais facilidade de passar em concurso ou então ser admitido em vestibular? O negro filho de negro bem de vida. A minha cota é social, eu defendo a cota social. A racial, não", afirmou o presidenciável durante a visita ao mercado.
Bolsonaro deu a declaração após ser questionado sobre o julgamento no Supremo Tribunal Federal (STF), previsto para esta terça (28), de uma denúncia em que o deputado é acusado de racismo. Cabe ao ministro Alexandre de Moraes, presidente da Primeira Turma, pautar o caso. Se a maioria do colegiado aceitar a denúncia, Bolsonaro vira réu e vai responder a uma ação penal.
Na entrevista, o candidato do PSL foi perguntado se estaria preocupado com o julgamento. E respondeu: "Não é racismo não. É racismo, xenofobia, misoginia, homofobia, tudo que você possa imaginar. Ataque a índios, por onde você quer começar? Eu não estou preocupado, é lógico que é intenção de criar um fato político. A intenção de gente em criar fato político".

Economia

Na visita ao Mercadão, Bolsonaro voltou a falar sobre as principais propostas para o Brasil superar a crise econômica. Ele repetiu que é preciso "tirar o governo do cangote dos empresários" por meio da desburocratização e da desregulamentação do sistema.
Para o candidato, o governo não pode "atrapalhar quem quer empreender" no país. Ele disse ainda que, se for eleito, apresentará ao país um "pacotão" econômico "semelhante" ao adotado pelo presidente dos Estados Unidos, Donald Trump – em quem Bolsonaro já disse se inspirar.
"Nós temos a certeza de que se continuar como está, o Brasil vai bater na montanha. E a proposta do nosso economista é desregulamentar muita coisa, desburocratizar e desonerar a folha de pagamento. E acabar com a figura das desonerações, ver se diminui a carga tributária de maneira geral. Pela primeira vez, nós podemos ter um presidente da República, se essa for a vontade da população e de Deus, que realmente vai ter um pacotão que todos vão aplaudir, semelhante um pouquinho do Trump nos Estados Unidos", disse.

Ministérios

Bolsonaro também falou sobre a composição de seu eventual ministério, caso eleito. Ele evitou confirmar nomes que serão convidados para participar do governo, mas disse ser "evidente" que aqueles que o ajudam durante a campanha serão "lembrados".
O candidato sequer quis confirmar o nome do economista Paulo Guedes como eventual ministro da Fazenda e do Planejamento. Guedes é considerado o "guru" de Bolsonaro na área econômica, e é o responsável pelas plano de governo do presidenciável nessa área.
"Vocês querem marcar a data do casamento se nem namorada eu arranjei ainda", brincou com os jornalistas.
"Ele está comigo e quer mudar o Brasil. Temos um objetivo pela frente e o Paulo Guedes será lembrado. Se eu chegar, ele vai ser convidado. Agora é como aquela menina, se eu pedir ela em casamento ela pode aceitar ou não", complementou.
Depois da insistência de jornalistas, Bolsonaro, porém, disse que "está na cara" que Paulo Guedes será seu "superministro" da Economia, e explicou que unirá em apenas um ministério as pastas da Fazenda e do Planejamento.
Bolsonaro disse ainda que quer reduzir o número de pastas de 29 para "15 ministérios, mais ou menos". Além de Fazenda e Planejamento, ele disse que também unirá, por exemplo, as pastas de Meio Ambiente e Agricultura.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Jovem natural de Ipirá morre em acidente na BA-130, entre Mairí e Baixa Grande

Na madrugada deste sábado, 17, aconteceu um grave acidente com vítima fatal, na BA-130, entre os municípios de Mairi e Baixa Grande, localizados na Bacia do Jacuípe. De acordo com informações do site Agmar Rios, houve uma colisão frontal envolvendo um caminhão VW/24.250, de cor prata, placa de São José do Jacuípe-BA e um Fiat/Strada Working, de cor vermelha, placa OZK-1494, licença de Ipirá-BA. Natural de Ipirá, o motorista do Fiat Strada que era conhecido popularmente como Elton, ficou preso nas ferragens, não resistiu aos ferimentos e morreu no local.  Segundo com informações, ele era servidor público da Prefeitura Municipal de Ipirá. O motorista do caminhão não ficou ferido. O filho dele foi que também estava abordo do veículo, sofreu ferimentos leves, foi levado para o um hospital local, mas passa bem. O acidente aconteceu na Curva do Sebo, no município de Mairi.

Espetacular, esse é o nome que define a grande final da Copa Rural 2018. Umburanas é Campeã

O público lotou as laterais do Campo do Povoado Umburanas, palco da grande final da Copa Rural 2018, e de muita festa e cheio de emoções. Após o tempo regulamentar de muita bola rolando e nenhum gol, o Campeão da Copa Rural 2018 só foi conhecido depois da disputa de pênaltis. Umburanas levou a melhor e conquistou a taça de Campeão 2018 – Taça Roberto Cintra – e um prêmio em dinheiro no valor de R$ 3.000,00 e Nova Brasília taça de Vice-campeão – Taça Elton Macedo – mais um prêmio em dinheiro no valor de R$ 2.500,00.
A Copa Rural 2018 movimentou todo o município, foram 46 jogos realizados nos povoados e distritos, além da partida final. Com o empenho dos técnicos, jogadores e o carinho dos torcedores pelo seu time, comparecendo a cada jogo, vestindo a camisa e vibrando de emoção.
A arbitragem faz seu papel com dedicação e compromisso mostrando total profissionalismo viabilizando resultados justos. Os árbitros que trabalharam durante a competição foram supervisionados pelo profissional e c…

Garoto de Feira de Santana conhecido como o Rei da Matemática está passando dificuldades e sofre de depressão

Em uma situação diferente dos vídeos engraçados que há três anos viralizaram na internet e por todo Brasil, o garoto de 19 anos Florisvaldo Moreira de Queiroz, que é conhecido como Lucas e ficou famoso como o Rei da Matemática, nos últimos dias foi protagonista de imagens de abandono e tristeza. Morador da Expansão do Conjunto Feira IX em Feira de Santana, ele foi localizado por vizinhos em um estado deplorável de sujeira, fome e muita negligência. Foto: Paulo José/Acorda Cidade No novo vídeo que viralizou nos últimos dias nas redes sociais, Lucas aparece deitado em um sofá muito sujo, apresenta muita magreza e confusão mental. Na residência onde as imagens foram gravadas há muito lixo, sujeira, fezes, não há alimento, nem água e energia elétrica. Foto: Paulo José/Acorda Cidade Os vizinhos informaram ao Acorda Cidade que Lucas foi abandonado pela própria mãe há cerca de nove meses. Ela foi morar em outra residência com o companheiro e desde então o jovem que aparenta ter distúrbios m…