Pular para o conteúdo principal

Violência em Ipirá está dentro dos níveis aceitáveis em si comparando a outros municípios da região

Resultado de imagem para foto policia civil bahia viatura
No início da semana, portais de notícias da região publicaram uma estatística com base nas informações da Secretaria de Segurança Pública – SSP/BA, que coloca o município de Ipirá como o mais violento do território da Bacia do Jacuípe. O portal Caboronga Notícias fez um questionamento do número de ocorrências policiais registradas no município de Ipirá entre os anos de 2014 a 2017 e segundo afirmação do delegado de policia Caryl Oliveira, em si tratando da maior população e extensão territorial, as ocorrências estão dentro da normalidade.
A modalidade de crime mais comum é roubo e furto de veículos chegando a 187 casos nos últimos quatro anos, nas cidades do território, seguidos de homicídios dolosos com 60 casos registrados.
Ainda segundo a estatística da SSP/BA entre os anos de 2014 e 2017 no município de Ipirá foram computados; 60 homicídios dolosos, 02 latrocínios “Roubo seguido de morte”, 63 tentativas de homicídios, 36 estupros, 05 assaltos a ônibus em rodovia, 128 veículos foram roubados, 59 furtados, 59 prisões por uso e porte de substância entorpecente “Drogas”. O município registrou um total de 290 ocorrências policiais.
Levando se em consideração que Ipirá é o maior município da Bacia do Jacuípe com uma população de 62.631 habitantes e 3.060 km², esses números são consideráveis para os padrões do município.
Riachão do Jacuípe, possui uma população de 33.172 habitantes e extensão territorial de 1 190,196 km², registrou no mesmo período; 35 homicídios dolosos, 33 tentativas de homicídios, 23 estupros, 03 roubos a ônibus urbano e em rodovias,78 roubos de veículos, 48 furtos de veículos, 68 usos de substâncias entorpecentes. O município registrou um total de 288 ocorrências policiais.
Capim Grosso, possui uma população de 31.392 habitantes, com 464,8 km² e também cortado pela BR 324, registrou nos últimos quatro anos, 45 homicídios dolosos, 20 tentativas de homicídios, 19 estupros, 12 roubos de veículos, 47 furtos de veículos, 26 usos de substâncias entorpecentes. O município registrou um total de 169 ocorrências policiais.
O delegado Caryl criticou a matéria, que poderia ter sido tomada como base, o município de Itaberaba. Segundo ele, Ipirá possui praticamente as mesmas características demográficas daquele município. “Nosso município tem uma CIPM com 100 policiais distribuídos em 4 municípios, um delegado, 2 agentes investigativos e uma viatura que recebe cota mensal de combustível no valor de R$ 650 reais. Itaberaba possui um Batalhão com 1.000 policiais, uma Coordenadoria de Polícia Civil, 8 delegados e uma cota de combustível mês de R$ 5 mil reais, além de Corpo de Bombeiros e DPT que era de Ipirá e por questões políticas, nosso município perdeu para Itaberaba. Onde estão os maiores índices de ocorrências policiais?. A quem interessou tal matéria? não somos um paraíso, mais estamos muito distantes do inferno”. Disse o delegado.
Fonte: Caboronga Notícias

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Jovem natural de Ipirá morre em acidente na BA-130, entre Mairí e Baixa Grande

Na madrugada deste sábado, 17, aconteceu um grave acidente com vítima fatal, na BA-130, entre os municípios de Mairi e Baixa Grande, localizados na Bacia do Jacuípe. De acordo com informações do site Agmar Rios, houve uma colisão frontal envolvendo um caminhão VW/24.250, de cor prata, placa de São José do Jacuípe-BA e um Fiat/Strada Working, de cor vermelha, placa OZK-1494, licença de Ipirá-BA. Natural de Ipirá, o motorista do Fiat Strada que era conhecido popularmente como Elton, ficou preso nas ferragens, não resistiu aos ferimentos e morreu no local.  Segundo com informações, ele era servidor público da Prefeitura Municipal de Ipirá. O motorista do caminhão não ficou ferido. O filho dele foi que também estava abordo do veículo, sofreu ferimentos leves, foi levado para o um hospital local, mas passa bem. O acidente aconteceu na Curva do Sebo, no município de Mairi.

Espetacular, esse é o nome que define a grande final da Copa Rural 2018. Umburanas é Campeã

O público lotou as laterais do Campo do Povoado Umburanas, palco da grande final da Copa Rural 2018, e de muita festa e cheio de emoções. Após o tempo regulamentar de muita bola rolando e nenhum gol, o Campeão da Copa Rural 2018 só foi conhecido depois da disputa de pênaltis. Umburanas levou a melhor e conquistou a taça de Campeão 2018 – Taça Roberto Cintra – e um prêmio em dinheiro no valor de R$ 3.000,00 e Nova Brasília taça de Vice-campeão – Taça Elton Macedo – mais um prêmio em dinheiro no valor de R$ 2.500,00.
A Copa Rural 2018 movimentou todo o município, foram 46 jogos realizados nos povoados e distritos, além da partida final. Com o empenho dos técnicos, jogadores e o carinho dos torcedores pelo seu time, comparecendo a cada jogo, vestindo a camisa e vibrando de emoção.
A arbitragem faz seu papel com dedicação e compromisso mostrando total profissionalismo viabilizando resultados justos. Os árbitros que trabalharam durante a competição foram supervisionados pelo profissional e c…

Garoto de Feira de Santana conhecido como o Rei da Matemática está passando dificuldades e sofre de depressão

Em uma situação diferente dos vídeos engraçados que há três anos viralizaram na internet e por todo Brasil, o garoto de 19 anos Florisvaldo Moreira de Queiroz, que é conhecido como Lucas e ficou famoso como o Rei da Matemática, nos últimos dias foi protagonista de imagens de abandono e tristeza. Morador da Expansão do Conjunto Feira IX em Feira de Santana, ele foi localizado por vizinhos em um estado deplorável de sujeira, fome e muita negligência. Foto: Paulo José/Acorda Cidade No novo vídeo que viralizou nos últimos dias nas redes sociais, Lucas aparece deitado em um sofá muito sujo, apresenta muita magreza e confusão mental. Na residência onde as imagens foram gravadas há muito lixo, sujeira, fezes, não há alimento, nem água e energia elétrica. Foto: Paulo José/Acorda Cidade Os vizinhos informaram ao Acorda Cidade que Lucas foi abandonado pela própria mãe há cerca de nove meses. Ela foi morar em outra residência com o companheiro e desde então o jovem que aparenta ter distúrbios m…