Pular para o conteúdo principal

Vacina de febre amarela com dose fracionada: quem deve tomar


Entre fevereiro e março deste ano, 75 municípios de São Paulo, do Rio de Janeiro e da Bahia vão realizar campanhas de vacinação contra a febre amarela com doses fracionadas. A decisão, segundo o ministro da Saúde, Ricardo Barros, foi adotada mediante recomendação e autorização da Organização Mundial da Saúde (OMS).
O fracionamento nada mais é do que a aplicação de uma dose menor do que a prescrita tradicionalmente. Dessa forma, um frasco com cinco doses da vacina padrão pode imunizar até 25 brasileiros com esse método.
De acordo com o ministério, é uma medida preventiva e emergencial adotada em razão do surto da doença no país e que será implementada em áreas selecionadas. “A dose fracionada, até o presente momento, tem mostrado exatamente a mesma capacidade de imunização que a integral”, disse o Ricardo Barros. De acordo com ele, não há falta de vacinas.
A dose padrão da vacina contra a febre amarela protege uma pessoa por toda a vida, enquanto a fracionada dura por pelo menos oito anos. Estudos em andamento estão avaliando os efeitos em longo prazo da dose fracionada. Ou seja, é possível que ela nos resguarde por até mais do que oito anos.

Quem deve tomar

Ao todo, 19,7 milhões de pessoas devem ser imunizadas nos três estados, sendo 15 milhões com doses fracionadas e 4,7 milhões com a concentração padrão. Serão priorizadas para as doses completas as crianças de 9 meses a 2 anos de idade, pessoas com condições clínicas especiais como aids, doenças hematológicas ou após término de quimioterapia, gestantes (com anuência do doutor) e viajantes internacionais, mediante apresentação do comprovante de viagem.
Já a versão fracionada será administrada durante esse período a outros brasileiros acima dos 2 anos de idade que estiverem nas áreas em questão. Sujeitos com mais de 60 anos devem se consultar com o médico antes de tomar a picada.
Qualquer vacina contra a febre amarela permanece contraindicada – salvo outra orientação dos profissionais – a pacientes imunodeprimidos ou em tratamento contra o câncer, a alérgicos a ovo.

Campanhas nos estados

No estado de São Paulo, 4,9 milhões de pessoas vão receber a dose fracionada e 1,4 milhão, a dose padrão em 52 municípios. O período da campanha será de 3 a 24 de fevereiro, sendo os dias 3 e 24 (sábados) os dias D de mobilização. Veja as cidades incluídas na campanha:
© Fornecido por Abril Comunicações S.A.
No Rio de Janeiro, 2,4 milhões de pessoas devem receber a dose fracionada e 7,7 milhões, a padrão em 15 municípios. Em razão do carnaval, a campanha acontece entre 19 de fevereiro e 9 de março, sendo o dia 24 o dia D de mobilização.
© Fornecido por Abril Comunicações S.A.
Já na Bahia, 2,5 milhões de pessoas serão vacinadas com a dose fracionada e 813 mil com a dose padrão em oito municípios. Também em razão do carnaval, a campanha será feita de 19 de fevereiro a 9 de março, sendo o dia 24 o dia D de mobilização.
© Fornecido por Abril Comunicações S.A. Fonte 

Postagens mais visitadas deste blog

Luiz Barata é homenageado pela Motopel em Ipirá

A terça-feira, 27, começou de maneira surpreendente e emocionante para Sr. Luiz Magalhães, conhecido carinhosamente por Luiz Barata. Há muitos anos na Motopel, Luiz Barata viabilizou para muitos a esperança de um dia possuir uma motocicleta.  As homenagens pela passagem do seu aniversário contaram com toda equipe da Motopel, clientes e amigos que fizeram questão de prestar as mais sinceras felicitações. A diretoria e os funcionários da empresa não poderiam deixar esta importante data passar em branco. Por volta das 10h, Luiz Barata foi chamado para receber uma homenagem pelos anos de vida e os vários anos de serviços prestados a empresa. Na oportunidade, fizeram uso da palavra a Gerente Comercial Ana Celia Ribeiro, a Diretora Gislane Cavalcanti em nome do Grupo Motopel e o Diretor Wilson Perei Filho em nome de toda a família Motopel.





Dílson da Farmácia necessita com urgência de doação de sangue

Antônio Dílson Coutinho Fonseca, popularmente conhecido como Dílson da Farmácia Santo Antônio em Ipirá, está internado no Hospital Dom Pedro de Alcântara em Feira de Santana, com um quadro de anemia e necessita urgentemente de sangue de qualquer tipo de sanguíneo.

Quem puder fazer a doação, deverá comparecer nesta segunda-feira (23) ao IEF em Feira de Santana para fazer a doação em nome de Dílson Coutinho.

Fonte: Caboronga Notícias com imagem do Facebook

Comoção e lágrimas marcaram o sepultamento de “Sinho Xêpa” em Ipirá

Trilheiros de motocross, motambike, ciclistas, desportistas, familiares, amigos e admiradores de Marcio Galdino dos Santos “Sinho Xêpa”, se despediram do amigo na manhã desta segunda-feira (09), com emoção, aplausos e lágrimas. Durante toda noite deste domingo, milhares de pessoas se revezaram no velório que aconteceu na residência da família, localizada na Avenida Pedro José da Silva, número 14, bairro Casas Populares, para prestar as últimas homenagens aos amigos que era um símbolo de alegria para todos que o conheceram. Marcio Galdino Santos “Sinho Xêpa”, faleceu aos 39 anos na manhã deste domingo (08), vítima de acidente de veículo na rodovia Ipirá-Itaberaba. Além de excelente profissional de Educação Física, ficou conhecido por realizar no período de festas juninas o tradicional Forró da Xêpa. O cortejo fúnebre saiu da residência da família, percorreu várias ruas da cidade e seguiu com destino ao cemitério do povoado de Umburanas, onde será sepultado. “Fica para todos os que o c…